Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Federação de jornalistas critica Israel

A Federação Internacional de Jornalistas (IFJ, por sua sigla em inglês) conclamou hoje Israel a parar de atrapalhar o trabalho dos jornalistas na Cisjordânia e Faixa de Gaza. "Há uma forte suspeita de que repórteres vêm sendo separados para um tratamento especial", afirmou Aidan White, secretário-geral da IFJ em um comunicado. "Isto é totalmente inaceitável e é uma violação das leis internacionais".A IFJ acusa Israel de "alvejar a mídia palestina". A federação citou o Sindicato dos Jornalistas Palestinos, que afirma mais de 40 jornalistas, incluindo oito estrangeiros, ficaram feridos desde o início da violência na Terra Santa, em setembro do ano passado.A IFJ, que representa mais de 450.000 jornalistas em 100 países, também afirmou que a mídia palestina, incluindo a televisão pública, o jornal Al Hayat Al Jadeedah e a Televisão Salam, foi alvo das forças israelenses.

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2001 | 16h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.