'Femme fatale' seria um dos agentes infiltrados

Um dos supostos agentes do Kremlin infiltrados nas esferas de poder dos EUA ganhou atenção especial em blogs, Facebook, Twitter e YouTube, e tornou-se, instantaneamente, uma celebridade. Trata-se de Anna Chapman, de 28 anos, uma morena de olhos verdes estonteantes que seduziria funcionários do governo e empresários americanos em busca "de seus segredos mais íntimos", diz o "New York Post". Segundo seu perfil no site de relacionamentos LinkedIn, a russa era proprietária de uma imobiliária. "Adoro compor equipes apaixonadas para trazer valor ao mercado!", explica sobre seu trabalho. Ontem, perante um juiz, ela disse ser dona de uma empresa especializada em tecnologia e internet, Ela se instalou em Nova York em fevereiro, após ter deixado Moscou justamente depois de se divorciar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.