Fenômeno é comum nos EUA

Um tornado gigantesco, que chegou a ter mais de 3 quilômetros de diâmetro e ventos de até 320 km/h, atingiu Oklahoma City no dia 20 de maio. O fenômeno derrubou casas, arrastou carros, provocou focos de incêndio em vários pontos da cidade e matou 24 pessoas. Fortes tornados costumam atingir com frequência a região central dos EUA. Em maio de 2011, em Joplin, no Estado de Missouri, um tornado de categoria EF5 matou 161 pessoas e causou US$ 3 bilhões em prejuízos. O tornado mais letal da história americana ocorreu em 1925 e atravessou os Estados de Missouri, Illinois e Indiana, deixando 695 mortos. Em abril de 1989, o mais destruidor já registrado até hoje deixou 1,3 mil mortos em Bangladesh.

O Estado de S.Paulo

03 Junho 2013 | 02h04

/ AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.