Ferraro deixa comitê de Hillary após comentário sobre Obama

A ex-candidata a vice-presidentepelo Partido Democrata Geraldine Ferraro deixou na quarta-feirasua posição financeira na campanha de Hillary Clinton, disse umporta-voz da campanha. A decisão foi tomada depois que Ferraro, única mulher aparticipar de uma chapa por um dos principais partidos dosEstados Unidos para a eleição presidencial, disse que o rivalde Hillary, Barack Obama, não estaria à frente na disputademocrata se não fosse negro. Ferraro era integrante do comitê financeiro e arrecadavafundos para a campanha de Hillary, segundo o porta-voz dacampanha. (Reportagem de Deborah Charles)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.