FHC lamenta morte de Vieira de Mello

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso divulgou nota lamentando a morte do representante da ONU em Bagdá, o embaixador brasileiro Sérgio Vieira de Mello. "Lamento profundamente a perda de Sérgio Vieira de Mello e me solidarizo com a dor de seus familiares. As circunstâncias de sua morte são de todo inaceitáveis", disse FHC.Fernando Henrique disse que acompanhou de perto o extraordinário trabalho que Vieira de Mello desenvolveu no Timor Leste e em outras missões a serviço das Nações Unidas, como em Kosovo e no Alto Comissariado para Direitos Humanos: "Era um grande diplomata, que honrava o Brasil. Acreditava no diálogo para a solução de controvérsias." No final da nota, FHC destacou: "Que seu exemplo continue a inspirar todos aqueles que defendem o papel do multilateralismo na construção de uma ordem internacional mais pacífica e segura."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.