Fiança para vigilante que assassinou jovem negro é estipulada em US$ 150 mil

A Justiça do Estado da Flórida estipulou em US$ 150 mil a fiança para o vigilante George Zimmerman (foto), assassino confesso do jovem negro Trayvon Martin. Zimmerman abriu fogo contra o garoto de 17 anos que, de acordo com ele, estava com uma "atitude suspeita", em um caso que chocou os EUA. A polícia do subúrbio de Sanford liberou o vigilante logo em seguida. Na audiência de ontem, o réu pediu perdão à família de Trayvon pelo crime. No entanto, para os pais do jovem, Zimmerman está tentando apenas melhorar sua imagem diante da Justiça. Mesmo se pagar a fiança, o vigilante deverá permanecer mais alguns dias na cadeia. Ele é acusado de homicídio em segundo grau.

O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.