Fiat vai comprar restantes de ações da Chrysler

A Fiat anunciou nesta quarta-feira que fechou um acordo para adquirir as ações remanescentes da Chrysler por US$ 3,65 bilhões. A montadora italiana, que já possui 58,5% de participação na Chrysler, vai adquirir os 41,5% restantes da United Auto Workers, um fundo que paga plano de saúde e aposentadoria para trabalhadores da indústria.

AE, Agência Estado

01 de janeiro de 2014 | 19h42

A Fiat fará um pagamento inicial de US$ 1,9 bilhão para o fundo e um adicional de US$ 1,75 bilhão após o fechamento do acordo.

A Chrysler também fará um pagamento adicional no valor de US$ 700 milhões para o fundo como parte do acordo com a UAW. O acordo deve ser fechado em 20 de janeiro, informou comunicado da Chrysler.

O acordo elimina a necessidade de um IPO da participação do fundo na empresa, o que analistas avaliaram anteriormente em US$ 5,6 bilhões. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
FiatChrysler

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.