Fidel apóia direito do Irã a uso pacífico da energia nuclear

O presidente cubano, Fidel Castro, expressou seu apoio "ao direito do Irã de usar a energia nuclear com fins pacíficos, incluindo a produção do combustível necessário". O líder cubano recebeu o titular do parlamento iraniano, Gholam Ali Haddad Adel, no Palácio da Revolução, sede do governo, segundo informou hoje o jornal "Juventud Rebelde", que não informa a data do encontro.Na reunião foram abordados os vínculos bilaterais "e se constatou o excelente nível de diálogo político" entre os dois países, assim como as "múltiplas coincidências na análise da situação internacional e as amplas potencialidades para as relações econômicas", indica a publicação.O presidente do Parlamento iraniano expressou "sua profunda satisfação" com o programa cumprido nesta visita a Cuba e reiterou o respeito, a amizade e a solidariedade do Irã "na luta de Cuba contra o embargo e as agressões do imperialismo".A comitiva iraniana cumpriu uma ampla agenda de trabalho que incluiu conversas com o vice-presidente Carlos Lage, o chanceler cubano, Felipe Pérez Roque, e Ricardo Alarcón, presidente do Parlamento cubano.O dirigente iraniano, que terminou hoje sua estadia na ilha, viajará para o Uruguai, como parte de uma viagem pela região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.