Fidel Castro diz que Cuba é o país "mais seguro do mundo"

O presidente de Cuba Fidel Castro afirmou que o país é o "mais seguro do mundo" e que o capitalismo "não resolverá jamais o problema da ordem pública". A declaração aconteceu durante o ato central de celebração ao 45º aniversário do Ministério do Interior (Minint), fechado para a imprensa estrangeira."Cuba é o país mais seguro do mundo e nossos combatentes do Ministério do Interior podem se considerar os mais sãos e honrados", disse o presidente na noite de quarta-feira.O líder da ilha comunista indicou que "o capitalismo não resolverá jamais o problema da ordem pública porque o sistema sempre se transforma em uma dificuldade maior", segundo informações do jornal oficial Juventud Rebelde.Fidel Castro afirmou que "cada vez mais as atividades delitivas multiplicam em muitos países, porque circula mais droga de todo tipo e os governos não contam nem com a vontade política, nem com a preparação necessária para garantir aos cidadãos a tranqüilidade que eles merecem".O líder cubano acrescentou que a polícia do país é a "mais decente e humana, pois combate a delinqüência sem que haja uma injustiça, um assassinato nem a ação de esquadrões da morte, de torturas ou outro tipo de terror".O presidente cubano destacou o trabalho dos agentes do Minint e lembrou que o órgão nasceu no "momento em que todos estavam consagrados à luta contra as agressões da contra-revolução e do imperialismo americano", segundo informou o jornal oficial Granma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.