Fidel Castro faz aparição surpresa em Cuba

O líder revolucionário cubano Fidel Castro fez uma aparição surpresa no domingo em Havana para votar nas eleições parlamentares, expressando confiança na revolução, apesar de um embargo comercial de décadas dos EUA.

AE, Agência Estado

04 de fevereiro de 2013 | 10h22

A visita de Castro ao local de votação no bairro El Vedado, de Havana, foi o evento principal nas eleições de domingo, durante o qual os cubanos escolheram 612 deputados da Assembleia Nacional, bem como deputados de legislaturas locais.

"Eu estou convencido que os cubanos são realmente um povo revolucionário", afirmou Castro, de 86 anos, a jornalistas, que o rodeavam, no posto de votação. "Eu não tenho que provar isso. A História já provou isso e 50 anos de bloqueio dos EUA não conseguiram e não conseguirão nos derrotar."

Os EUA impuseram um embargo comercial, econômico e financeiro contra Cuba em outubro de 1960 depois que o governo revolucionário de Fidel nacionalizou as propriedades de cidadãos americanos e corporações. Ele foi ampliado para se tornar um embargo quase total em 1962, depois que a aliança de Cuba com o bloco soviético se tornou aparente.

As imagens divulgadas na televisão cubana, bem como fotos do jornal Juventud Rebelde, mostraram Castro ligeiramente curvado com uma bengala em animada conversa com os eleitores no posto de votação. Ele usava uma camisa escura e uma jaqueta.

Em seus comentários, o líder revolucionário também elogiou a criação da Comunidade da América Latina e Estado Caribenhos (Celac), cuja presidência foi assumida formalmente por Cuba na semana passada em uma cúpula em Santiago, no Chile.

Fidel Castro não era visto em público desde 21 de outubro, quando acompanhou Elías Jaua, o atual ministro venezuelano de Relações Exteriores ao Hotel Nacional. Suas longas ausências da vista do público alimentaram rumores de que sua saúde se agravou, que ele estava morto, ou em seu leito de morte - particularmente porque Castro não publica um de seus editoriais normalmente frequentes nos meios de comunicação oficiais do Estado desde 19 de junho. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
CubaFidel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.