Fidel chama Bush de "caubói" e "mafioso"

Ao falar a professores e alunos de uma escola de arte, o presidente de Cuba, Fidel Castro, afirmou desejar que o novo presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, não seja "tão rude nem mafioso" como aparenta. Castro participou ontem de um ato cultural na Escola de Pintura San Alejandro, em Havana, e suas palavras foram reproduzidas pelo canal Cubavisión. "A posição de Cuba é fortíssima. Agora aparece este caubói aí (Bush), que espero não seja tão rude como parece e nem tão mafioso como aparentam ser seus familiares. Mas ele está aí, e nós aqui, tranqüilos", afirmou o líder cubano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.