Fidel critica Obama por lista de terroristas

O líder cubano Fidel Castro disse que o presidente dos EUA, Barack Obama, deve se sentir envergonhado por seu país ter incluído Cuba na lista de países terroristas. "Um homem cujo talento ninguém nega, tem de se sentir envergonhado desse culto às mentiras do império", escreveu Fidel em mais um de seus artigos, publicado no sábado. Além de Cuba, os EUA também incluíram a Síria e o Irã na lista de países terroristas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.