Fidel diz que apego ao poder é coisa do passado

O líder cubano, Fidel Castro, afirmou ontem que não é apegado ao poder. Segundo ele, a afeição que sentia pelo poder durante a juventude mudou com o tempo. A mensagem foi lida durante uma sessão do Parlamento cubano. Na semana passada, Fidel deu indicação, pela primeira vez, de que poderia abrir mão da presidência de Cuba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.