Fidel pede Guantánamo de volta

O líder cubano Fidel Castro disse ontem em um novo artigo de opinião que o presidente dos EUA, Barack Obama, "deveria devolver Guantánamo aos cubanos". Para Fidel, os EUA "manterem uma base militar em Cuba vai contra o desejo do povo e viola os princípios do direito internacional". A declaração ocorre dias depois de Fidel ter elogiado Obama como um presidente "honesto" e "nobre". Os EUA instalaram a base em 1898, após o fim da Guerra Hispano-Americana. Desde então, Washington paga um aluguel simbólico, US$ 4.086 por mês, mas Havana nunca descontou os cheques.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.