Fidel recusou-se a fazer cirurgia

O líder cubano Fidel Castro recusou-se passar por um procedimento cirúrgico após ter uma hemorragia durante um voo em Cuba. Segundo informações reveladas pelo WikiLeaks, os EUA tentavam acompanhar de perto o estado de saúde de Fidel. Apesar das condições do líder cubano serem tratadas como segredo de Estado, os americanos produziram muitos documentos sobre o assunto.

, O Estado de S.Paulo

16 de dezembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.