Fiji: Tribunal declara ilegal governo provisório

O Tribunal de Apelações de Fiji confirmou hoje a decisão do Supremo Tribunal declarando ilegal o governo provisório instaurado em Suva após o golpe de Estado, liderado pelo empresário George Speight, no ano passado. O Supremo Tribunal já havia confirmado a legitimidade do governo do primeiro-ministro Mahendra Chaudhry, derrubado no golpe de Estado.Em maio do ano passado, Speight e um grupo de homens armados atacou o parlamento e manteve Chaudhry e seus ministros detidos no local durante 56 dias. Dez dias depois, o Exército de Fiji revogou a Constituição e nomeou, no final de julho, um governo provisório liderado por Laisenia Qarase. George Speight e seus homens foram detidos em 26 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.