Filha de Chávez será representante da Venezuela na ONU

Maduro nomeou María Gabriela Chávez como embaixadora assistente para transmitir a mensagem socialista do ex-presidente

O Estado de S. Paulo

14 de agosto de 2014 | 11h06

CARACAS - A filha do ex-presidente venezuelano Hugo Chávez, morto em 2013, María Gabriela Chávez, foi designada na quarta-feira embaixadora assistente da Venezuela na ONU, informou o ministro das Relações Exteriores, Elías Jaua. "O presidente Nicolás Maduro designou a companheira María Gabriela Chávez como embaixadora assistente nas Nações Unidas."

A nomeação pretende "reforçar o trabalho" do atual embaixador da Venezuela na ONU, Samuel Moncada, fortalecer a política do Executivo "nas Nações Unidas" e continuar transmitindo a mensagem socialista do ex-presidente aos países das Nações Unidas. "Para que os povos da África, do Oriente Médio, da Ásia profunda, de nossa América, os povos do mundo, para que os pobres do mundo continuem a sentir sua solidariedade, a fraternidade do comandante Hugo Chávez", explicou Jaua.

A segunda dos quatro filhos de Chávez, foi quem teve uma posição mais alta na política venezuelana fazendo aparições públicas em atos de governo, tanto no de Maduro como no de seu pai.

María Gabriela não é a única filha de Chávez que ocupa cargos no governo venezuelano. Sua irmã Rosa Virgínia foi designada por Maduro como presidente do programa social "Missão Milagro". / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaHugo ChávezNicolás Maduro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.