Filha de JFK pode suceder a Hillary no Senado

Caroline Kennedy, filha do presidente John F. Kennedy, assassinado em 1963, poderá ocupar a cadeira de Hillary Clinton no Senado quando ela apresentar sua renúncia para assumir o Departamento de Estado, em janeiro, informou a mídia americana ontem. Uma fonte democrata disse à BBC que o governador de Nova York, David Paterson, ofereceu a cadeira no Senado e a advogada de 51 anos pode dar sua resposta hoje. Paterson nomeará um sucessor para Hillary, mas este deverá participar de uma eleição em 2010 e, se eleito, ficará no cargo até 2012, quando termina o mandato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.