Filha de Le Pen vai liderar extrema-direita na França

O partido francês de extrema-direita Frente Nacional elegeu a filha de seu fundador, Jean-Marie Le Pen, como a nova presidente. Marine Le Pen, 42 anos, recebeu pouco mais de dois terços dos votos em uma eleição na convenção do partido, na cidade de Tours. De acordo com o Frente Nacional, ela superou facilmente o outro candidato, Bruno Gollnisch, que há longa data é o número dois do partido.

AE, Agência Estado

16 de janeiro de 2011 | 10h23

Jean-Marie Le Pen se despediu no sábado com uma apaixonada defesa de sua polêmica plataforma anti-imigração e anti-islâmica. O Frente Nacional foi criado em 1972. Mãe de três crianças, Marine Le Pen é amplamente vista como um rosto mais gentil e amável do partido, conhecido por sua postura extremista. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Françapartido

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.