Filha de premier palestino é presa com identidade falsa

A filha de 17 anos do primeiro-ministro palestino, Ismail Haniye, Haola Haniye, foi presa nesta segunda-feira no sul de Israel após tentar entrar em um centro de detenção com uma identidade falsa. Ela pretendia visitar seu noivo, informaram a porta-voz do presídio israelense e uma autoridade do Hamas.Desde que foi banida de entrar em Israel, Haola tem utilizado o cartão de identidade de uma parente. A rádio do exército informou que o noivo de Haola é Abdel Muwati Haniye, de 30 anos, que também é primo da garota.Segundo o porta-voz da polícia israelense, Micky Rosenfeld, ela teria dito aos guardas da prisão que pretendia visitar seu irmão, que está condenado à prisão perpétua. Mas, quando a farsa foi descoberta, Haola admitiu que já tinha usado o mesmo processo várias vezes antes.Ainda de acordo com o porta-voz da polícia, que a filha do premier palestino foi levada para a delegacia de Beersheba, onde será interrogada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.