Filho de Almeida pede para sair da ilha

Juan Juan Almeida, filho do histórico comandante da revolução cubana Juan Almeida, morto na sexta-feira aos 82 anos, fez um apelo para que o governo cubano o deixe sair da ilha. Almeida sofre de uma doença degenerativa crônica para a qual não existe tratamento em Cuba. Há alguns meses, o filho do homem que era considerado o terceiro na hierarquia revolucionária de Cuba tentou sair ilegalmente do país, mas acabou preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.