Filho de Bibi abandona posto militar e vai preso

O sargento israelense Yair Netanyahu, filho do premiê Binyamin Netanyahu, está cumprindo 21 dias de prisão aplicados pelo Exército por ele ter abandonado seu posto sem permissão na sexta-feira para jantar com sua família, em Jerusalém, informou ontem o jornal Yedioth Aharonot. Sua ausência foi notada depois que jornalistas estrangeiros tentaram localizá-lo, pelo telefone, em sua unidade. Como não encontraram o militar, os repórteres telefonaram para seu comandante, que percebeu a falta do subordinado.

O Estado de S.Paulo

22 Março 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.