Filho de "Che" diz que Cuba continua na mesma direção

Camilo Guevara, filho de Ernesto "Che" Guevara, afirmou nesta sexta-feira que "Cuba continua na mesma direção" apesar da doença de Fidel Castro e da transferência provisória de seus poderes para Raúl Castro."Tudo em Cuba está normal. Não está acontecendo, como dizem, nada demais. É óbvio que há uma certa preocupação dos cubanos com alguém (Fidel Castro) por quem temos grande afeto e respeito", declarou Guevara."Fidel sempre nos acompanhou nos melhores e piores momentos, sobretudo nestes últimos anos, e, por isto, esta atmosfera de preocupação do povo cubano é clara. Porém, quanto ao restante, não há nada demais", afirmou o filho de "Che"."Cuba segue suas mesmas metas e direção, pois o Governo do país é composto por 32 pessoas, e não apenas por uma, disse Guevara". Segundo ele, a memória de seu pai e seu legado "estão cada dia mais vivos e vigentes na América Latina e no restante do mundo" e "a América Latina vai por caminhos de unidade, integração, o que temos que fazer para vencer".Além disso, Guevara disse que gostou muito do "Diários de motocicleta" (do brasileiro Walter Salles), na qual é relatada a viagem de seu pai pela América do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.