Ammar El-Darwish/Arquivo/AP
Ammar El-Darwish/Arquivo/AP

Filho de Kadafi é conduzido a tribunal no oeste da Líbia

Seif al-Islam é acusado de atentar contra a segurança do Estado, tentar fugir da prisão e insultar a nova bandeira do país

AE, Agência Estado

17 de janeiro de 2013 | 16h21

TRÍPOLI - A agência estatal de notícias da Líbia informou nesta quinta-feira, 17, que Seif al-Islam Kadafi, de 41 anos e filho aprisionado do falecido ditador líbio Muamar Kadafi, foi conduzido hoje a um tribunal, sob acusações de atentar contra a segurança do Estado, tentar fugir da prisão e insultar a nova bandeira do país.  Segundo a agência, o julgamento de Seif al-Islam ocorre em Zintan, cidade no oeste da Líbia onde ele é mantido prisioneiro por milicianos.

Seif al-Islam também é acusado pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) de cometer crimes de guerra durante a guerra civil na Líbia, que acabou no final de 2011 com a captura e morte do seu pai, Muamar Kadafi. Seif al-Islam é o filho mais velho do falecido ditador e havia sido indicado por Kadafi como possível sucessor, antes da guerra civil estourar na Líbia em 2011.

As informações são da Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.