Filho de Osama pede libertação de familiares

ORIENTE MÉDIO

, O Estado de S.Paulo

19 de julho de 2010 | 00h00

Omar bin Laden, um dos filhos do líder da Al-Qaeda, disse ontem que espera que a diplomacia do Catar o ajude a libertar membros de sua família presos no Irã. Eles fugiram para o país durante bombardeio do Afeganistão pelos EUA em 2001 e vivem em prisão domiciliar. Entre os presos estão três filhos de Osama bin Laden (foto) e sua terceira mulher.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.