Filho de Reagan critica Bush

Ron Reagan, filho mais novo do ex-presidente Ronald Reagan, morto recentemente, criticou a política externa da administração George W. Bush numa entrevista difundida na quarta-feira à noite pela emissora de TV a cabo CNN. "Acredito que mentiram para nós para mergulhar os EUA na guerra", disse Reagan, referindo-se às alegações de que Saddam Hussein teria armas de destruição em massa e laços com a Al-Qaeda. "Foi um erro terrível. Um grave equívoco em matéria de política externa." Reagan, de 44 anos, disse que votará em qualquer um que possa derrotar Bush nas eleições de novembro. "Fico muito preocupado quando ouço alguém justificando uma guerra citando Deus", prosseguiu. "São os caras do lado de lá que fazem isso. Bin Laden vive falando em Alá."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.