Filho do fundador da rede afegã Haqqani pode estar morto

A agência de inteligência do Afeganistão informou que seus agentes confirmaram que o filho do fundador da poderosa rede militante Haqqani foi morto. O porta-voz da agência, Shafiqullah Tahiri, disse neste domingo que Badruddin Haqqani foi morto em um ataque aéreo no Paquistão. Ele afirmou que o ataque foi realizado na semana passada, sem dar mais detalhes. Tahiri também não confirmou se as fontes da agência viram o corpo.

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2012 | 12h27

O Taleban, que é um aliado da rede Haqqani, disse que Badruddin está vivo e no Afeganistão. Por outro lado, Tahiri afirmou que o governo afegão está confiante de que suas informações estão corretas. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.