Filho do fundador da rede afegã Haqqani pode estar morto

A agência de inteligência do Afeganistão informou que seus agentes confirmaram que o filho do fundador da poderosa rede militante Haqqani foi morto. O porta-voz da agência, Shafiqullah Tahiri, disse neste domingo que Badruddin Haqqani foi morto em um ataque aéreo no Paquistão. Ele afirmou que o ataque foi realizado na semana passada, sem dar mais detalhes. Tahiri também não confirmou se as fontes da agência viram o corpo.

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2012 | 12h27

O Taleban, que é um aliado da rede Haqqani, disse que Badruddin está vivo e no Afeganistão. Por outro lado, Tahiri afirmou que o governo afegão está confiante de que suas informações estão corretas. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.