Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Filho do último rei italiano é preso

Victor Emmanuel, filho do último rei da Itália, foi preso nesta sexta-feira sob acusação de associação com o crime, informaram as agências de notícia ANSA e Apcom. Emmanuel, de 69 anos, foi preso depois de um mandado expedido por promotores de Potenza, no sul do país. As acusações são de associação criminal para exploração da prostituição."Eles o prenderam como se fosse um bandido", disse Emmanuel Filiberto, filho de Victor Emmanuel, à agência Apcom. "Estou perplexo. Os advogados estão analisando o caso, mas é algo que não faz sentido. Eu vejo acusações que não têm nada a ver com meu pai", acrescentou.Victor Emmanuel e sua família voltaram a Itália em 2002, depois de permanecerem no exílio por meio século devido ao apoio da monarquia italiana ao ditador fascista Benito Mussolini. Uma lei aprovada no início de 2002 reverteu a imposição do exílio.O pai de Victor Emmanuel, Umberto II, foi coroado em 1946. Mas ficou no trono por apenas um mês, antes de referendo popular que transformar a Itália em uma república. Dois anos depois, Victor e seus descendentes homens foram impedidos de entrar no país.Victor Emmanuel tinha nove anos quando deixou sua terra natal. Seu filho nasceu e cresceu na Suíça, e sua família passou a maior parte do exílio em Genebra.O retorno da família foi fruto de décadas de esforço para reverter o exílio, pressionando o parlamento italiano e levando a causa à Corte Européia de Direitos Humanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.