Filhos de Diana criticam ex-mordomo da mãe

Num comunicado surpreendente por sua dureza, o príncipe William, de 21 anos, em nome do irmão, Harry, acusou hoje Paul Burrel, o mordomo de sua mãe, de tê-la ?traído fria e publicamente?, nas revelações sobre sua vida privada. Na nota, ele diz que Diana ficaria ?mortificada? com as atitudes de Burrel, se estivesse viva.Na declaração, distribuída pela Clarence House, onde eles vivem com o pai, Charles, os jovens príncipes pedem ao mordomo para por um fim nas revelações sobre a princesa (clique aqui para ler as que foram feitas hoje, através do Daily Mirror, tablóide inglês que há quatro dias publica trechos do seu livro).?Não podemos acreditar que Paul, que mereceu sua confiança, pudesse abusar de sua posição?, dizem os príncipes.?(As revelações) não são apenas profundamente dolorosas para nós dois mas também para todos os envolvidos e mortificariam nossa mãe se ela estivesse viva?, diz a nota. ?Achamos que somos mais indicados para falar sobre nossa mãe do que Paul.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.