Filhos de governador iraquiano são seqüestrados

Seqüestradores capturaram dois filhos do governador da província de Anbar, no Iraque, e incendiaram sua casa na cidade da capital provincial, Ramadi. Os seqüestros e o incêndio criminoso ocorrem num dia violência generalizada em Ramadi, com a morte de pelo menos dois soldados da força multinacional que permanece no Iraque e ataques a bases americanas na região.O tenente de polícia Jamal Abdul-Karim disse que homens armados atacaram a casa do governador Abdul Karim al-Rawi e capturaram dois de seus filhos. A identidade das vítimas não foi revelada. O policial disse que o governador não estava na casa, um sobrado, quando o fogo teve início.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.