Filhos de Sharon vão para hospital

Os dois filhos do primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, e os funcionários que trabalham com ele foram para o Hospital Hadassah devido ao agravamento do estado de saúde do líder israelense.Os dois filhos do premiê, Omri e Gilad, que antes se revezavam para fazer companhia ao pai, agora estão juntos no hospital.Além disso, todos os funcionários do escritório de Sharon, além de vários ministros e legisladores, estão no centro médico.O Hospital Hadassah, nos arredores de Jerusalém, informou hoje que Sharon está em estado muito grave e que sua vida corre risco.Sharon está sendo operado devido a um bloqueio na irrigação sanguínea do sistema digestivo detectada hoje durante uma tomografia computadorizada.Segundo fontes médicas, a cirurgia pode demorar entre três e seis horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.