Filipinas: Abu Sayyaf e exército se chocam

Pelo menos cinco membros do grupo separatista islâmico Abu Sayyaf morreram e cerca de outros dez ficaram feridos em uma ofensiva do Exército filipino na ilha de Jolo, ao sul de Manila. Durante os combates, também faleceu um soldado do Exército. As Forças Armadas das Filipinas já causaram 32 baixas entre os muçulmanos radicais do Abu Sayyaf desde que retomaram as ofensivas contra o grupo, no início do mês. Entretanto, o Exército continua sem conseguir capturar Ghalib Andang, líder do grupo e principal responsável pelo seqüestro de 21 pessoas, inclusive dez turistas ocidentais, de um centro turístico malaio em abril último. O grupo separatista Abu Sayyaf foi criado no princípio da década de 90, para tentar estabelecer um Estado islâmico independente na ilha de Basilan, pretensão essa logo ampliada para o conjunto da ilha de Mindanao.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.