Filipinas: furacão deixa um morto e 2 mil desalojados

Uma pessoa morreu, cerca de 2 mil ficaram desalojadas e os serviços de travessia marítima foram suspensos nas Filipinas depois que o furacão Hagupit chegou com fortes chuvas à parte central do arquipélago.Chuvas mais pesadas do que a habitual monção sudoeste levaram destruição ao centro e ao sul do país durante o final de semana. Uma pessoa se afogou e outras duas estão desaparecidas depois que um barco tombou ao cruzar no domingo um rio na ilha de Panay, centro do arquipélago. No sábado, três pontes foram destruídas e cerca de 2 mil pessoas ficaram desalojadas na ilha de Sibuyan, de acordo com uma fonte da defesa civil.Os serviços de travessia marítima foram suspensos e os barcos de pesca estão proibidos de levantar velas na costa sul da ilha de Luzon, a principal ilha do arquipélago das Filipinas. O furacão, com ventos de até 160 km/h, desloca-se agora do norte das Filipinas para o sul da China, onde deve atingir o continente na quarta-feira, segundo os meteorologistas. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.