Filipinas: passagem de tufão Rammasun deixa 4 mortos

Serviço meteorológico filipino prevê que o tufão se dissipará no Mar do Sul da China, após atingir a província de Zambales

AE, Agência Estado

16 de julho de 2014 | 01h45

O tufão Rammasun matou pelo menos quatro pessoas nas Filipinas, mas poupou a capital Manila de sérios danos, uma vez que atingiu a costa leste do arquipélago.

O tufão atingiu a cidade de Bataan na manhã desta quarta-feira (hora local), no lado ocidental da baía de Manila - e deve chegar ao norte da província de Zambales até o final do dia, antes de se dissipar no Mar do Sul da China, informou o serviço meteorológico filipino.

Uma mulher de 25 anos de idade da província de Northern Samar, ao sul de Manila, morreu quando um poste de energia elétrica caiu sobre ela.

As outras três mortes foram relatadas na capital da província de Quezon, Lucena City, localizada a 134 quilômetros de Manila. O governador da província, David Suárez, disse à rádio DZMM que a província está sem energia elétrica e sem sistemas de comunicação.

O serviço meteorológico informou que o Rammasun continua a se mover para o oeste a uma velocidade de 26 quilômetros por hora, com rajadas de vento de até 185 quilômetros por hora. O Conselho Nacional de Redução de Desastres e Gestão de Riscos, disse 373.177 pessoas foram retiradas das áreas em que o tufão deve passar. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
FilipinasTufão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.