Fim da trégua entre palestinos deixa 17 mortos em Gaza

Após uma breve trégua entre as facções rivais palestinas, uma nova escalada de violência atingiu a Faixa de Gaza nesta sexta-feira, provocando a morte de 17 pessoas entre quinta e sexta-feira. Militantes do Hamas atacaram uma rádio e forças do Fatah responderam incendiando dois prédios de uma universidade ligada ao Hamas. Além disso, ambulâncias ficaram presas no fogo cruzado e diversos tiroteios foram testemunhados em meio a uma nova onda de violência que provocou a morte de pelo menos dez pessoas nesta sexta-feira na Faixa de Gaza.Milhares de pessoas viram-se obrigadas a esconder-se dentro de casa para evitar os tiroteios. Colunas de fumaça escura eram vistas no horizonte da Cidade de Gaza.Em sinal de fim da trégua, as rádios ligadas aos dois grupos pararam de tocar canções conclamando à unidade nacional e passaram a executar hinos de guerra e convocações para a luta armada.A violência interna nos territórios palestinos já resultou na morte de mais de cem pessoas desde o início do ano passado, quando o Hamas venceu as eleições gerais por ampla margem e ganhou o direito de compor o governo.Desde então, forças de segurança rivais, uma controlada pelo Hamas e outras comandadas pela Fatah, têm protagonizado sangrentos episódios de violência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.