Fim do seqüestro: 3 mortos e dois feridos

Três pessoas morreram e duas ficaram feridas após o assalto das forças especiais de seguranças sauditas ao interior do jato russo, que foi seqüestrado por rebeldes chechenos ontem. A aeronave, um Tupolev-154, com 174 pessoas a bordo, havia sido tomada quando ia de Istambul para Moscou. Os seqüestradores renderam o piloto e o obrigaram a desviar o aparelho para o aeroporto de Medina, na Arábia Saudita. De acordo com as equipes médicas que atenderam os reféns, durante a ação das forças especiais sauditas, dois homens morreram baleados e uma mulher esfaqueada. No momento do assalto, 112 pessoas estavam a bordo.Leia Mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.