Michel Euler/AP
Michel Euler/AP

Financista de Wall Street é cotado para cargo de diretor de Comunicações da Casa Branca

Scaramucci pode assumir função deixada por Mike Dubke em maio, segundo fontes envolvidas na negociação

AP, O Estado de S.Paulo

21 Julho 2017 | 03h13

WASHINGTON - O financista de Wall Street Anthony Scaramucci está sendo cotado pela administração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para assumir o cargo de diretor de Comunicações na Casa Branca. A informação foi divulgada à agência Associated Press por duas fontes envolvidas nas discussões para a nomeação, sob condição de anonimato.

Scaramucci é um conhecido defensor de Trump na televisão e trabalhou na equipe de transição do governo após as eleições presidenciais. Ele chegou a ser indicado para ocupar cargos na administração, mas sua contratação não foi confirmada por questões relacionadas à venda de seu fundo de hedge em Nova York.

Se for nomeado, o financista preencherá o cargo deixado por Mike Dubke, que pediu demissão em maio. O secretário de Imprensa de Trump, Sean Spicer, acumula a função desde então. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.