Finlandês é multado em US$ 215 mil por dirigir a 80km/h

O empresário Jussi Salonoja - um dos homens mais ricos da Finlândia - tornou-se o recordista de uma marca indesejada. Por exceder o limite de velocidade em uma estrada, perto de Helsinque, ele foi multado no equivalente a US$ 215 mil (R$ 645 mil). É que na Finlândia tais multas são calculadas de acordo com a renda do infrator. Salonoja terá uma única chance de atenuar a "mordida": provar que sua renda caiu nos últimos anos. A infração de Salonoja, de 27 anos e herdeiro de um império industrial de salsichas, foi cometida em maio de 2003. Ele foi flagrado por um radar da polícia rodoviária trafegando com seu carro a 80 km/h por uma estrada onde o limite de velocidade é de 40km/h. O caso foi levado a um tribunal da capital, onde se discutiu se o milionário deveria ter a licença para dirigir cancelada temporariamente. O juiz, que fez uma análise do imposto de renda do empresário - cujos ganhos chegaram a US$ 13 milhões em 2002 - decidiu finalmente aplicar uma punição mais drástica: uma multa equivalente a US$ 215 mil. Mais: embora não tenha perdido a licença para dirigir, Salonoja perderá a carteira de habilitação caso seja novamente multado por excesso de velocidade ou por qualquer outra infração da mesma gravidade. Por ora, ele terá de se conformar em ter batido o recorde de Jaakko Rytsola, que em 2000 pagou o equivalente a US$ 100 mil pela mesma infração. Os advogados do empresário ainda não decidiram se irão apelar da sentença. Caso desejem, poderão apegar-se ao exemplo de outro empresário finlandês, que obteve na Justiça uma revisão de sua multa. Em 2002, um diretor da Nokia, Anssi VanJkoji, conseguiu reduzir sua multa de US$ 147 mil em 95%. Ele provou num tribunal que não poderia pagar a quantia estipulada. A renda obtida em seus negócios tinha sofrido uma queda motivada pela perda de lucratividade dos fabricantes de telefones celulares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.