Firma saudita recusa pedido do Exército americano

Uma fábrica saudita recusou um contrato deUS$ 64,1 milhões para fornecer caminhões ao Exército dos Estados Unidos, que seriam usados na guerra contra o Iraque, revelou hoje um empresário que mediava a negociação.Ele não revelou o nome da fábrica, que fica perto da fronteira com o Iraque, mas informou que o contrato envolvia a compra de 1.300 caminhões, que seriam usados no transporte de armas eequipamentos para o Iraque. Vários clérigos muçulmanos têm exortado os empresários sauditas a não assinarem acordos com o Exército dos EUA. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.