Fita de líder da Al-Qaeda promete novos ataques aos EUA

Na fita de áudio que a rede de televisão árabe Al-Jazira levou ao ar, atribuindo-a ao vice-líder da al-Qaida, Ayman al-Zawahri, ele diz que "no segundo aniversário dos atentados a Nova York e Washington nós desafiamos a América e seus guerreiros, que estão sofrendo com suas feridas no Afeganistão e no Iraque. Nós dizemos a eles que não queremos matar, mas nós vamos decepar a mão que tentar nos infligir sofrimento." A voz promete novos ataques contra os EUA. "Nós asseguramos que o que vocês viram até agora é apenas a primeira batalha. O épico de verdade ainda não começou. Preparem-se para o castigo por seus crimes", afirma a voz. "Nós alertamos às mães dos soldados cruzados que, se elas quiserem ver seus filhos, devem correr para exigir que seu governo os traga de volta antes que retornem em caixões". Ele acusou os EUA de terem escondido o número real das baixas no Iraque e Afeganistão. A fita também conclama os palestinos para que continuem lutando, afirmando que a Palestina não terá liberdade a não ser por meio da guerra santa. Além da fala de Al-Zawahri, a Al-Jazira pôs no ar a gravação de uma voz atribuída a Osama bin Laden, que elogia os ataques de 11 de setembro de 2001 contra os EUA, por terem causado ?grande dano ao inimigo?. A voz cita cinco dos seqüestradores suicidas que participaram dos ataques pelo nome. ?Tenho a honra de haver conhecido aqueles homens?, diz, e segue afirmando que eles eram verdadeiros crentes, que outros fiéis deveriam adotar como modelos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.