Fogo mata 22 e deixa 17 desaparecidos na Coréia do Sul

Pelo menos 22 pessoas morreram e 17 estãodesaparecidas após um incêndio ocorrido nesta segunda-feira nasobras de um depósito frigorífico em construção próximo a Seul,informou o Corpo de Bombeiros. "O total de mortos está subindo", disse um bombeiro àReuters por telefone. O incêndio, na localidade de Icheon, 60 quilômetros asudoeste da capital, também provocou várias explosões. Os bombeiros resgataram dez pessoas, que foramhospitalizadas. A espessa fumaça provocada por produtosquímicos no local dificulta a busca por outras vítimas, segundoo bombeiro que falou à Reuters. Mais de 250 bombeiros foram enviados ao local, de acordocom a imprensa local. A causa do incêndio ainda é desconhecida. (Reportagem de Rhee So-eui e Cheon Jong-woo)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.