Foguete do Hezbollah mata adolescente de 15 anos em Israel

Uma adolescente de quinze anos morreu nesta terça-feira devido ao impacto de um foguete lançado pelo grupo xiita libanês Hezbollah contra o vilarejo árabe de Maghar, vizinho à cidade israelense de Tiberíades, informou a rádio pública de Israel.A emissora também informou que outra pessoa, um homem de 71 anos, morreu esta tarde na cidade de Haifa de ataque cardíaco quando se dirigia a um refúgio, pouco depois de escutar o som das sirenes do alarme de ataque aéreo.No ataque a Maghar, um vilarejo de população majoritariamente muçulmana, os irmãos da adolescente morta ficaram feridos. Um deles, um homem de 30 anos, está internado em estado grave. Outras 20 pessoas sofrem de síndrome de choque pós-traumático, segundo fontes da Estrela de Davi Vermelha (equivalente judaico à Cruz Vermelha). A milícia retomou nesta terça os disparos de foguetes Katyusha contra várias cidades do norte de Israel. Segundo fontes de segurança israelenses, pelo menos 55 projéteis caíram ao longo do dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.