Foguete espacial indiano explode após decolagem

Um foguete carregando um satélite de comunicações da Índia explodiu segundos depois da decolagem, no sul do país, neste sábado, afirmaram autoridades.

REUTERS

25 de dezembro de 2010 | 13h25

O Veículo de Lançamento de Satélite Geosíncrono (GSLV, na sigla em inglês) explodiu no primeiro estágio do voo, deixando um rastro de fumaça e fogo. O lançamento inicial do satélite GSAT-5P havia sido adiado por causa de um defeito no motor.

"A performance do foguete estava normal até cerca de 50 segundos após o lançamento. Logo depois disso, o veículo sofreu um grande erro de altitude o que levou ao colapso do veículo", afirmou K. Radhakrishnan, diretor da Organização de Pesquisa Espacial Indiana, a jornalistas.

"O que causou esta interrupção tem que ser avaliado em detalhe", comentou.

A Índia tem como objetivo expandir seus negócios com lançamento de satélites para cerca de 120 milhões de dólares por ano, cerca de um quarto dos negócios da China com a atividade.

Apesar da Índia ter sucesso com o lançamento de satélites mais leves, o país enfrenta problemas para enviar cargas mais pesadas, o que tem prejudicado os planos comerciais de lançamento.

Em abril, um foguete impulsionado por um motor construído na Índia para lançamento de cargas pesadas teve um problema e caiu na Baía de Bengala, na costa leste do país.

em 2008, a Índia enviou 10 satélites pequenos em órbita a partir de um único foguete. No mesmo ano, o país enviou também sua primeira missão não tripulada para a Lua. Mas essa missão foi abandonada 10 meses depois de enviar dados com envidências de gelo no satélite terrestre.

(Por Krittivas Mukherjee)

Tudo o que sabemos sobre:
INDIAFOGUETEEXPLODE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.