Foguete Katyusha atinge acampamento militar dos EUA perto do Aeroporto Internacional de Bagdá

Foguete Katyusha atinge acampamento militar dos EUA perto do Aeroporto Internacional de Bagdá

Este é o segundo ataque contra a base americana da semana; ninguém ficou ferido

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de janeiro de 2022 | 05h50

Um foguete Katyusha atingiu uma base militar iraquiana que hospedava as forças dos EUA perto do aeroporto internacional de Bagdá nesta quarta-feira, 5. De acordo com fontes militares e de segurança do país, ninguém ficou ferido no incidente.

O comunicado oficial do Iraque informou que encontrou um lançador com um foguete no distrito de Al-Jihad, no oeste de Bagdá, próximo ao terminal aéreo.  

As autoridades americanas alertaram nas últimas semanas que esperavam um aumento nos ataques contra as forças dos EUA no Iraque e na Síria, em parte devido ao segundo aniversário da morte do general iraniano Qassem Soleimani.

Embora não tenha havido reivindicações imediatas de responsabilidade pelos ataques recentes, grupos da milícia iraquiana alinhados com o Irã prometeram retaliar pela morte de Soleimani e do comandante da milícia iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis.

O ataque de quarta-feira é o segundo desta semana contra a base próxima ao aeroporto internacional de Bagdá, depois que uma ofensiva de dois drones foi frustrado na segunda-feira, 3.

Dois drones carregados de explosivos também foram abatidos na terça-feira, 4, pelas defesas aéreas do Iraque enquanto se aproximavam da base aérea de Ain al-Asad, que hospeda as forças dos EUA, a oeste de Bagdá.

Soleimani foi morto em 3 de janeiro de 2020 em um ataque de drones perto do aeroporto de Bagdá ordenado pelos então presidente do EUA, Donald Trump.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.