Folha de coca volta a áreas fumigadas na Colômbia

Amplas extensões de terra na região amazônica de Guaviare, a sudoeste da Colômbia, estão novamente repletas de folha de coca, apesar de uma intensa campanha de fumigação que erradicou temporariamente as plantações, denunciou o governo. "Bandos de narcotraficantes e guerrilheiros recrutaram camponeses que estão plantando coca. Os cultivos estão se ampliando como uma praga", disse o ministro de Interior, Sabas Pretelt, depois de uma inspeção na região de San José del Guaviare.Ele advertiu aos donos das terras onde são cultivadas as folhas de coca que eles correm o risco de perder suas propriedades. "Estamos pedindo cooperação dos cidadãos para que nos informem quando aparecerem proprietários com carros novos e outros itens muito luxuosos, para que tenham de explicar às autoridades de onde vêm essas riquezas. Se não puderem explicar, será aplicado o seqüestro desses bens", acrescentou o ministro.No ano passado, a Divisão Antinarcóticos da Polícia Federal colombiana reportou a fumigação de um total de 130.000 hectares onde estavam plantadas folhas de coca e papoula. Entretanto, calcula-se que ainda existam mais de 70.000 hectares de cultivos ilícitos, 30.000 dos quais em Guaviare e regiões próximas. Neste ano, a Divisão Antinarcóticos planeja fumigar mais 130.000 hectares de plantações suspeitas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.