Fome, doenças, novos tremores. Drama sem fim

Na devastada Banda Aceh, capital da província de Aceh, Indonésia, cresce a ameaça de novas mortes por fome diante das dificuldades na distribuição de ajuda humanitária. "Muitas estradas estão destruídas e, além disso, a gasolina está escassa", disse um voluntário que trabalha socorrendo vítimas e recolhendo corpos. Nas próximas horas devem chegar ao país equipes de resgate de vários países. O Ministério da Saúde Pública da Tailândia já advertiu que a precária infra-estrutura de algumas das seis províncias do sul do país podem provocar doenças como diarréia, disenteria, febre, hepatite, malária e insuficiência respiratória.Nesta quinta-feira dois novos tremores, de intensidade, 5,6 e 5,7 graus na escala Richter, sacudiram a ilha de Sumatra, na Indonésia, a mais atingida pelo desastre de domingo, por se situar perto do epicentro do terremoto que provocou as tsunamis (ondas gigantescas). Porta-vozes do Centro de Meteorologia e Geofísica alertaram para o perigo de mais tremores nos próximos dias, especialmente na província de Aceh.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.