Fonte do Hamas nega fim de ataques suicidas

Uma fonte do Hamas negou nesta quarta-feira que o movimento radical islâmico tenha decidido deter os ataques suicidas contra Israel, como outra fonte do grupo havia anunciado pouco antes."O Hamas desmente essa informação, atribuída a um de seus responsáveis, sobre sua intenção de deter as operações dos mártires", disse uma "fonte responsável" no site do movimento na internet. A mesma fonte indicou ainda que "não há nenhuma mudança na política de resistência armada do Hamas, que vai continuar e intensificar-se".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.