Fonterra é multada em 900 mil dólares neozelandeses

A Fonterra Cooperative Group disse há pouco que foi multada em 900 mil dólares neozelandeses (US$ 710 mil) por autoridades chinesas em função de uma revisão de preços dos produtos lácteos, à medida que um escândalo de leite contaminado envolveu a maior exportadora mundial de lácteos.

AE, Agência Estado

06 de agosto de 2013 | 23h21

Em um comunicado, a companhia neozelandesa afirmou que vários outros produtores de leite também foram multados pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC, na sigla em inglês)

Em julho, as autoridades chinesas disseram que estavam investigando diferentes companhias sobre uma possível fixação de preços e atividade anticompetitiva no setor. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
chinafonterramulta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.