Força Aérea Colombiana precisa de aviões brasileiros

A Força Aérea Colombiana (FAC) não tem capacidade para responder aos ataques rebeldes simultâneos "devido à paralisia de nove de seus aviões de combate", afirmou um porta-voz da Aeronáutica. Segundo ele, é preciso atualizar esses equipamentos comprando aviões Tucano do Brasil. O comandante da FAC, general Héctor Fabio Velasco, qualificou de "necessária" a atualização dos aparelhos aéreos de combate para fazer frente a emergências em zonas distantes, onde a guerrilha de esquerda e os paramilitares de direita atuam. No entanto, a ministra da Defesa, Martha Lucía Ramírez, quer cancelar qualquer negociação imediata a esse respeito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.