Força da ONU no sul do Líbano será "confiável", diz Annan

O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, disse nesta quinta-feira que os 5 mil "capacetes azuis" que serão mobilizados no sul do Líbano serão uma força "confiável" o bastante para que Israel se retire da região. A operação será completada em meados deste mês e contará com o reforço de mais 16 mil soldados libaneses."Conforme formos entrando, o Exército israelense irá se retirando", disse Annan em entrevista coletiva em Madri realizada junto ao chefe do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, com quem terminou a viagem de dez dias pelo Oriente Médio, que teve como objetivo analisar as condições do cessar-fogo no Líbano.Annan destacou a importância do papel da comunidade internacional para resolver esta crise, principalmente o da Europa, que se transformou, segundo o secretário, na "espinha dorsal" da força internacional - que já começou a ser enviada ao território libanês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.